Demência, rivotril e o dia de nada.

Hoje é dia de nada. Não; mas isso não é possível, ainda mais em uma segunda-feira, como é que você pode vir me dizer uma coisa dessas. Eu vejo como dia de nada, não o dia do nada – que também poderia existir e seria ótimo (em um país como o nosso de tantos feriados,…

¿Qué escribo?

As vezes fico longos períodos sem escrever, e gosto que assim o seja, quero tempo para ver e sentir o mundo. Antes de escrever quero viver, ser bon vivant, acompanhado ou não, isso não me faz a menor diferença. Clarice – Lispector – já disse certa vez que “escrever vale menos do que um cachorro…