Foi bom enquanto durou para sempre!

Não tenho como não admitir que sempre fui fascinado pelo tempo. Desde criança vendo relojoeiros e escutando tic-tacs. Hoje os relojoeiros estão em vias de extinção, mas o tempo não; ou será que o mesmo já foi extinto? Ou será que nunca existiu? O tempo do relógio não é o tempo do espírito. Kant já falava…