Apartamento

O antigo apartamento que se morou é como parente distante, podemos até não chegar a vê-lo durante muito tempo, mas sempre estará junto. Desse apartamento se muda pra perto ou longe, mas ele sempre será o mais querido, não importa o que lá tenha acontecido ou não. O apartamento, é o da infância, primeiras descobertas,…

Cheiro

Nervoso. O corpo já não reponde mais. Exala mau cheiro; putrefação. Falta de ar. Deita-se na cama a noite para olhar o teto e tentar ver uma esperança não confiável, ela não existe mais. Um vizinho faz barulho, quem é? Eu sei, mas pouco me importo com sua vida cretina. Com certo descuido deixo de…

Surpresa

Surpresa deve ser algo ou alguma coisa que nos tire do normal. Que nos faça ser arrebatados a distância, levando o chão pra longe, e que nos deixe sem fôlego. Normalmente as surpresas não são muitas depois de uma certa idade, parece que nos engessamos. Até uma leitura ou releitura de Kafka ou Nabokov já…

Flores

Flores de plástico são odiosas. Não tem perfume, não possuem a cor da vida, quiçá nos trazem lembranças. Flores de plástico se amoldam a qualquer forma que se queira, não possuem expressão e vontade própria. Não importa onde estejam, na casa, em consultório, ou até mesmo cemitério, elas nada expressam. O máximo que podem nos…

Esquecimento

Que o esquecimento está diretamente relacionado com a memória, isso já é sabido. Mas o esquecimento deixa tudo muito desprezado, enquanto a memória tenta reviver momentos. As vezes é melhor esquecer, mas na tentativa do esquecimento se distorce a memória, fatos importantes tornam-se pequenos, e vice-versa. Na raiz da memória podemos encontrar a sanidade, buscado…

Um mapa antigo

Tenho dificuldade em sair de casa e entender mapas. E devido a esse obstáculo fico imaginando como estão hoje os contornos e desvios das ruas e avenidas da cidade. Os prédios de uma rua, e quantas pessoas moram em seus apartamentos. Dentro de um deles está o amor. Mas talvez nessa rua eu nunca passe,…