O triunfo dos imbecis

Não nos deve surpreender que, a maior parte das vezes, os imbecis triunfem mais no mundo do que os grandes talentos. Enquanto estes têm por vezes de lutar contra si próprios e, como se isso não bastasse, contra todos os medíocres que detestam toda e qualquer forma de superioridade, o imbecil, onde quer que vá,... Continue lendo →

Silêncio

Já não existe mais o silêncio. o mundo perdeu a capacidade de ficar quieto. As pessoas já não conseguem mais ficar quietas sem qualquer tipo de opressão no peito ou ansiedade. Pode-se até dizer que a primeira etapa da incapacidade de silenciar e aquietar iniciou-se com a revolução industrial e a Inglaterra com suas fábricas... Continue lendo →

Talvez seja melhor assim

Digam o que quiserem, mas toda perda é sempre difícil. Não me refiro aqui à uma perda que possa ser ocasionada pela morte ou doença, mas a perda de todo material escrito durante anos de vida, devido a um problema no PC. Mas o que se há de fazer? O negócio é começar tudo de... Continue lendo →

Princípio

No princípio era o verbo. Mas não se sabia da linguagem. No princípio era o uivo. Deu-se o grito. Exclamação. O início do entender e exprimir. Um falou. Um nomeou. Outros falaram. Boire les paroles de quelqu’un. Antes do princípio era uma pedra. Depois pedra marrom, ou cinza, ou branca. Antes do princípio o latido... Continue lendo →

Atraso

Rápido, rápido, não se pode ser tão lento assim nos dias atuais. O mundo hoje precisa de gente esperta e disposta, rápido, rápido. Da próxima vez que chegar atrasado nem precisa bater o cartão de ponto, você é pago para estar aqui na hora e não quando bem entender. Está pensando que isso aqui é... Continue lendo →

Cheiro

Nervoso. O corpo já não reponde mais. Exala mau cheiro; putrefação. Falta de ar. Deita-se na cama a noite para olhar o teto e tentar ver uma esperança não confiável, ela não existe mais. Um vizinho faz barulho, quem é? Eu sei, mas pouco me importo com sua vida cretina. Com certo descuido deixo de... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑