Riso

O riso é uma emoção que não se contém em si. Existem risos contagiantes, daqueles em que acaba-se sendo levado pela felicidade do outro sem ao menos se dar conta disso. Existe também o riso sem graça que se dá após uma infâmia ou total parvonice dita sem querer. O riso deve ser uma dádiva, uma alegria e nunca uma expressão forçada. O riso é uma das mais dignas forças da alma, por isso não pode ser maculado no fingimento e na imitação portanto, as vezes creio em dizer que somente as crianças riem com dignidade e prazer, fato esse que já não se encontra mais no adulto, somente em raros casos.