O que se há de fazer!

Existem algumas pessoas que possuem um rosto de “o que se há de fazer”. Poderiamos chamar esse rosto de estóico, niilista, ou simplesmente de “a face dos resignados” – o que me parece mais nome de western de sessão da tarde. Pessoas com esse rosto já não se abalam por pouca coisa. Acho que com o passar do tempo vamos ficando assim. Essas pessoas recebem a notícia de ter ganho milhões na loteria, assim como a da morte de um parente próximo praticamente com a mesma feição. Não que o rosto esteja engessado, mas simplesmente ele não muda muito, somente as rugas que vão se acomodando, se transformando, mudando de lugar como a crosta terrestre. Pessoas com esse rosto já percorreram muitos e muitos quilômetros, e estão a anos de distância de nossas e suas dores e alegrias. O que se há de fazer!