Velhice

Pouco ou quase nada existe de bom na velhice, muito menos aquela conversa de que todo velho é sábio. A velhice é uma bebida amarga que se é obrigado a tragar mesmo estando de ressaca. Velhice não vai além de cadeira de balanço, jornais velhos e jogo de damas. Uma das poucas vantagens de ser velho é que se pode dizer a verdade sem rodeios ou se parecer blasé. Em se admitindo verdade que a vida é completamente passageira e sem sentido, melhor enterrar os mortos de cada dia, e jamais sofrer por acúmulo de saudade ou remorso. Sinceramente não sei de onde surgiu a bestial invenção de que existe essa tal de melhor idade.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑