O triunfo dos imbecis

Não nos deve surpreender que, a maior parte das vezes, os imbecis triunfem mais no mundo do que os grandes talentos. Enquanto estes têm por vezes de lutar contra si próprios e, como se isso não bastasse, contra todos os medíocres que detestam toda e qualquer forma de superioridade, o imbecil, onde quer que vá,... Continue lendo →

O que se há de fazer!

Existem algumas pessoas que possuem um rosto de “o que se há de fazer”. Poderiamos chamar esse rosto de estóico, niilista, ou simplesmente de “a face dos resignados” – o que me parece mais nome de western de sessão da tarde. Pessoas com esse rosto já não se abalam por pouca coisa. Acho que com... Continue lendo →

Silêncio

Já não existe mais o silêncio. o mundo perdeu a capacidade de ficar quieto. As pessoas já não conseguem mais ficar quietas sem qualquer tipo de opressão no peito ou ansiedade. Pode-se até dizer que a primeira etapa da incapacidade de silenciar e aquietar iniciou-se com a revolução industrial e a Inglaterra com suas fábricas... Continue lendo →

Companhias que me levam pra cama

Hoje praticamente não cai da cama, fui derrubado. Siderado sem motivo aparente, nenhum sonho estranho, insônia, ou pesadelo.Tal fato talvez se deva a série de cervejas que bebi ontem, mas o incrível é que apesar destas não estou de ressaca. E agora por aqui, com White Stripes na vitrola às seis da manhã, me lembro... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑